24 de Fevereiro de 2016

Dicas para comprar em brechós

Antigamente havia uma percepção praticamente generalizada de que os brechós estariam cheios de roupas velhas de tão usadas e antigas em termos de moda, com a "energia" de seu dono anterior e que, por isso, não seriam locais adequados para compras; a menos que a pessoa estivesse sem condição alguma de comprar peças novas em lojas comuns.
É claro que ainda existem brechós assim. Porém, muitos perceberam que se tivessem organização, seleção criteriosa e uma grande carteira de fornecedores, a experiência de compra poderia ser diferente. Muitas pessoas compram por impulso, compram itens que não lhes servem ou não lhes caem bem, enfim, nem sempre o que vai parar em um brechó é velho, surrado ou fora de moda. Para quem não se apega a usar algo que já possa ter pertencido a outra pessoa, pode ser um ótimo lugar para comprar com economia e sustentabilidade!
Como não existe uma coleção a ser vendida, digamos assim, o brechó é um local de compra de oportunidade. Para não sair fazendo más escolhas, minha sugestão é ir para lá com uma lista de itens que seriam interessantes para seu guarda-roupa caso os encontrasse lá. Também é imprescindível ter um orçamento em mente, com um valor máximo estabelecido para as compras. A partir daí busque itens dentro da sua lista, que estejam em muito bom estado de conservação e, antes de decidir, pense em pelo menos três possibilidades imediatas de combinação daquela peça com o que já existe em seu armário. Com estas estratégias fica bem mais fácil levar peças úteis e coordenáveis com o restante das roupas. Veja as roupas que encontrei no dia em que visitei o Brechó Capricho à Toa para gravar uma matéria sobre este tema para o Programa Vida Melhor. A minha lista de itens era:
- Vestidos fresquinhos para dias de verão
- Camisas mais maleáveis para looks de trabalho
- Calça de cor diferente ou estampada
- Algum sapato de cor diferente
- Blazer mais descontraído e de cor diferente

Não é que eu encontrei diversos itens que atendiam à minha lista!? Veja só:

Tags: consultoria de imagem, estilo, estilo sob medida, marcele goes, imagem pessoal, autoestima, moda sustentável, economia, brechó